terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Eletroneuromiografia

O exame de eletroneuromiografia detecta a condução dos nervos e a capacidade dos músculos. Com a ajuda de um aparelho próprio são enviados estímulos que percorrem os nervos e que, dependendo da sua condução, ele encontra alguma deficiência no paciente como: Síndrome do Túnel do Carpo; Polineuropatias; e vários tipos de Miopatias e síndromes compressivas. Afinal, nem sempre a dor vem de onde se sente, mas sim, de um determinado local onde nem se imagina, mas que já foi ou tem sido (com frequência) afetado por algum motivo. No exame são inseridas algumas agulhas específicas (parecidas com as  de acupuntura), as quais recebem descargas dos músculos quando estes estão contraídos e só assim será descoberto de onde e porque tem o problema.

Dr. Armando Pereira Carneiro

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Dia do Médico!

Parabéns aos meus queridos colegas de trabalho que com competência, dedicação e profissionalismo cuidam de seus pacientes! Devemos comemorar com orgulho esta data, afinal de contas saber que alguém se recuperou após um tratamento..."não tem preço!"


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Encontro Nacional de Fisiatra

Queridos colegas de profissão, segue abaixo um convite para participarem  da IV Jornada Gaúcha de Medicina Física e Reabilitação e VI Encontro Nacional de Médicos Fisiatras. Será um evento no qual teremos a oportunidade de reencontrar, trocar idéias e nos manter atualizados. Os temas a serem discutidos serão: Dor, Eletroneuromiografia, Próteses, Espasticidade, Escoliose, Osteoporose, Paralisia Cerebral, AVE,  Educação em Fisiatria, dentre outros. A programação vai ocorrer nos dias 21 e 22/10/11 em Porto Alegre.
Para maiores informações cliquem aqui http://www.fisiatria.org.br/destaques/?id=47 .

terça-feira, 26 de julho de 2011

EXAME ELETRONEUROMIOGRAFIA - CASO 1 (M.A.C.G. 70 ANOS)

video


M.A.C.G, 70 anos,  relatou dor e formigamento nos pés no início dos movimentos pela manhã há 2 anos. Usa olcadil à noite. Não fuma, não bebe e faz exercícios e dieta. ROT B1/1 ER0/0 P1/1 A0/0. Sensibilidade tátil presente. Força normal. ADM livre. Pulsos presentes. Lassegue negativo.
          As conduções mostraram ausência de potenciais sensitivos nos surais. As latências motoras distais estão aumentadas, as velocidades motoras diminuídas e os potenciais com baixa amplitude nos nervos fibular esquerdo e tibial direito motores.
            O estudo muscular mostra  aumento de potencial gigante e razão de recrutamento na contração do Extensor Curto dos Artelhos esquerdo e direito, Gastrocnemio esquerdo, Tibial Anterior direito e esquerdo. Registramos potenciais de ação de unidade motora normais e razão de recrutamento aumentada no Abdutor do Halux direito.
          
            Os dados do exame clínico, associados ao exame eletrofisiológico atual mostraram ausência de potenciais sensitivos nos surais e velocidades motoras moderadamente diminuídas simetricamente no tibial direito e fibular esquerdo com potencial de baixa amplitude e dispersão temporal, aumento da latência distal. Nos músculos encontramos grande percentual de potencial gigante e disparo acelerado  das unidades motoras, sem fibrilações.
           A Eletroneuromiografia  do Sr. M.A.C.G revelou uma polineuropatia sensitivo motora mista com perda axonal mais intensa, crônica, grave, que pode ocorrer em algumas doenças hereditárias, vasculites, artrites, intoxicações, etc. Há muitos anos apresentei em um congresso o caso de um paciente com polineropatia toxica por tintura  de cabelos semelhante a este.
          Devo esclarecer entretanto que a tintura usada naquela ocasião continha Pb., mas desconheço a composição da atual tintura.

                  Considerei esse paciente para, juntos, efetuarmos uma troca de informação sobre esse caso.

Dr.  Armando.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Eletroneuromiografia




SINTOMAS MUITAS VEZES VAGOS COMO DORES OU PARESTESIAS INEXPLICÁVEIS,SENSAÇAO DE INCHAÇO SEM O CORRESPONDE AUMENTO DO VOLUME DO SEGMENTO,FRAQUEZAS  MUSCULARES, DISTÚRBIOS DE SENSIBILIDADE,TREMORES,ESPASMOS ...PODEM SER SINTOMAS INICIAIS DE DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO OU MUSCULAR ,QUE SÃO FACILMENTE DIAGNOSTICADAS PELA ELETRONEUROMIOGRAFIA
 DIFERENTEMENTE DE EXAMES COMO A TOMOGRAFIA,OU A RESSONÂNCIA NUCLEAR MAGNETICA QUE NOS MOSTRAM TOPOGRAFICAMENTE UMA ALTERAÇÃO, A ELETRONEUROMIOGRAFIA É UM EXAMES FUNCIONAL,POR MEDIR ATRAVÉS DE UM REGISTRO A ATIVIDADE ELÉTRICA GERADA NO SISTEMA NEUROMUSCULARDADO INTERESSANTE É QUE ATÉ 80% DAS PESSOAS COM MAIS DE 40 ANOS TEM ALTERAÇÕES NOS EXAMES DE IMAGEM,SEM APRESENTAR SINTOMATOLOGIA, ENTÃO SE PENSARMOS EM UM PACIENTE COM DORES EM COLUNA VERTEBRAL,TEREMOS UM LEQUE ENORME DE PATOLOGIAS QUE PODERIAM SER AS CAUSADORAS DESTAS DORES COMO SÍNDROME FACETARIA,SINDROME MIOFASCIAL,CONTRATURAS,ESPONDILITE ANQUILOSANTE...NESTE CASO O ÚNICO EXAME QUE NOS MOSTRARIA SE FUNCIONALMENTE UMA ALTERAÇAO VISTA NUMA TC OU NUMA RNM SERIA A CAUSA DESTE DISTURBIO SERIA A ELETRONEUROMIOGRAFIA QUE É UTILIZADA PARA O ESTUDO DA LESÃO ,PARA ANALISE SE O COMPROMETIMENTO É MEDULAR OU DE RAIZ NERVOSA E AINDA CARACTERIZA SE É MOTORA OU SENSITIVA OU AMBAS, PENSANDO NISSO OS EXAMES DE IMAGEM DEVERIAM FICAR PARA UMA FASE PRE OPERATÓRIA, SE O PACIENTE NÃO MELHORASSE COM TODAS AS MEDIDAS JÁ INSTITUÍDAS.